segunda-feira, 27 de março de 2017

Mapa Chinês de Porto Alegre



Porto Alegre, 26 de março de 1772

Dragão, Coelho e Rato

Na infância foi Dragão, na adolescência Coelho e agora, adulta, se mostra como Rato!! Características que interagem magnificamente para essa cidade continuar sendo ‘Demais’ em todos os aspectos!!


Poderosa Orgulhosa Realista Temperamental Objetiva

Acolhedora Liberal Entusiasmada Gentil Realista Emocional



Na análise de um mapa chinês, as características mais marcantes se apresentam principalmente no Ano e no Dia de nascimento, sinalizando o Destino e a Missão respectivamente, ou a Via de Expressão e a Forma de Ser. O Mês de nascimento potencializa as expectativas externas, o apoio recebido da vida e a pressão do entorno.

Foi estabelecida para Porto Alegre a data de 26 de março de 1772 como dia de sua fundação, quando foi assinada a Provisão Régia desmembrando-a de Viamão. As características reunidas nos arquétipos dos signos chineses desse Ano, Mês e Dia, portanto, passaram a influenciar a forma como a cidade é percebida, como ela se apresenta e os caminhos que conduzem seu povo a novas experiências na vida!

No seu ano de nascimento, o arquétipo do Dragão de Água expressa suas características básicas através de uma abordagem espiritualizada, questionando valores, crenças e conceitos, posicionando-se poderoso, superior e curioso frente a novos conhecimentos, filosofias e emoções! Sua energia é poderosa, intuitiva, imperativa, excêntrica, direta, franca e por vezes brusca, demasiadamente egocêntrica e autoritária.

Em março, o Coelho de Água se caracteriza através de uma energia de total vinculação social, sensibilidade, docilidade, diplomacia, fragilidade e acolhimento. Para evitar o confronto e pela dificuldade em se posicionar, esse arquétipo pode se expressar como um excelente político, superficial e descomprometido. Apesar de possuir uma empatia forte com os sentimentos alheios que fazem com que trabalhe focado no bem-estar dos demais, seu objetivo final sempre é a autopreservação.

No seu dia de fundação, Porto Alegre tem a expressão do arquétipo do Rato de Terra. Um signo sério, realista, justo, moderado, disciplinado e dedicado ao aprendizado. Possui um inerente sento de menos valia e também sabe se posicionar de forma intolerante, intransigente, gananciosa, com rancor e pessimismo no desequilíbrio dessa expressão.

Na relação desses arquétipos com as características do povo que aqui habita podemos destacar o Dragão, com plena consciência do seu poder, resistência forte e espírito aguerrido. O Coelho é percebido na forma gentil como todos que aqui se estabelecem são acolhidos, nas suas relações politizadas onde impera a democracia e na avaliação pessoal dos seus habitantes, quando se consideram acima de todas as outras pessoas. Tal qual o Rato, por vezes sua energia é alegre, solta e divertida, orgulhosa das conquistas, noutras, aparece a mágoa, a mesquinharia, a frieza e o distanciamento dos problemas sociais. Apesar de sempre sério, disciplinado e correto!

Se expressar como Rato numa via de Dragão é o grande Desafio para o povo que compartilha da egrégora desta cidade como residente ou cidadão naturalizado!


Vibramos numa determinada diapasão de acordo com nossa história pessoal, de acordo com as experiências vivenciadas e de acordo com as reações dos outros sobre nosso comportamento! Assim é possível relacionar a cidade com seus potenciais astrológicos e espelhada nas pessoas que a compõem, sejam residentes, visitantes, convidados ou intrusos!

Ser a melhor versão possível dos Arquétipos potenciais é vibrar em Alta Frequência e assim manifestar uma vida Leve, Tranquila, Feliz e Próspera.

Lucimara Stráda

Nenhum comentário:

Postar um comentário